Dentro do meio empresarial é comum que o proprietário ou o gerente se preocupe com as vendas da empresa e como o marketing poderia alavancar estas vendas. Independente do setor que a empresa atue, com frequência, o principal objetivo do marketing é criar demanda para a empresa. Fato é, que, sempre existe espaço para melhorias. Neste post separamos algumas ideias que são usadas por diversas empresa no mundo todo e que adaptada a realidade de cada empresário, pode ajudar muito na geração de demanda para a sua empresa.

Torne o monitoramento dos resultados de marketing uma rotina

O acompanhamento dos indicadores não deve ser uma atividade delegada à terceiros e/ou uma vez ao ano. O que faz o processo fluir são os ajustes e melhorias frequentes e estas devem ser o foco de atenção do responsável pelo marketing da empresa, pois uma falha no monitoramento pode comprometer toda a estratégia de marketing e consequentemente, comprometer os resultados e a meta traçada.

É essencial que as decisões de marketing sejam baseadas em dados reais e não apenas em “achismo” . Estabeleça uma rotina de checagem dos KPI’s (indicadores) e use os dados para tomar decisões de marketing com base em fatos.

Conheça bem a sua audiência

Quando falamos de pequenas empresas é importante pensar sobre quem está “escutando, vendo e percebendo a marca”, a Audiência da Marca.

Pergunte a si mesmo:

  • Quem são eles?
  • O que eles fazem?
  • Como nós (empresa) podemos ajuda-lo a fazer melhor?

Um técnica que ajuda muito é a definir o público-alvo quanto aos quesitos demográficos, responsabilidades e interesse é através de Personas. Além de facilitar no direcionamento da Audiência, as personas podem ser usadas para personalizar as mensagens de marketing de forma segmentada.

Mantenha o foco no conteúdo relevante ao público-alvo

Quando se conhece bem o publico alvo é mais fácil criar conteúdos relevantes e de valor para o publico escolhido. O objetivo é entregar conteúdos personalizados. Que demonstre o cuidado e preocupação com as necessidades e carências deste publico.

O “Pulo do gato” consiste em, ao invés de tentar empurrar uma venda ao cliente usando o discurso de melhor produto ou serviço, a empresa oferece insights e informações que ajudam o paciente à tomar uma decisão mais acertada.

Dê um “Bum” na experiência da marca em suas redes sociais

O algoritmo das mídias sociais está em constante evolução. Isso significa que está cada vez mais difícil ampliar a audiência de forma orgânica nas redes sociais. Isso torna a compra de mídias uma tarefa quase obrigatória para o empresário que quer ampliar a audiência das campanhas.

Outro cuidado que se deve ter é com o uso de links e com a experiência de marca como um todo nas redes sociais. As mídias sociais são uma extensão de comunicação da marca com o público, ou seja, as mesmas regras do atendimento presencial devem ser aplicadas ao “Social”.

Use vídeos em paralelo com conteúdo escrito

A evolução da comunicação nas mídias sociais indica que o uso de material de vídeos é uma tendência muito forte. O cérebro humano processa imagens mais rapidamente que palavras, quando há a produção de um vídeo e a reprodução em material escrito (blog) é melhor ainda.

Se a estratégia principal de marketing consiste em produção de conteúdo, o engajamento da audiência com a marca é maior, segundo a Hubspot 72% das pessoas preferem aprender sobre um produto ou serviço vendo vídeos.

Adote ferramentas de automação de marketing

A automação de marketing pode ajuda-lo a tirar o melhor da interação com cada cliente. Isso significa identificar quando o público-alvo quer comprar para apresentar a solução que melhor encaixa à necessidade daquele momento, isso sendo feito de forma automática.

Adote uma postura de proatividade e inovação dentro do marketing da sua empresa

No Paula Tostes, nós acreditamos que não existe uma única ideia para se fazer alguma coisa, inclusive marketing. Sempre há alternativas, o marketing digital e o uso de ferramentas de automação facilitam muito o trabalho de qualificação de leads e de apresentação da marca para um público maior. Entretanto, a nossa aposta maior é ainda, no marketing “face-to-face”. O marketing de relacionamento é muito relevante e traz boas experiências porque aprendemos muito quando há um feedback e é no relacionamento com os nossos clientes que obtemos a troca de informação e ideias. Nós trabalhamos com pessoas e trabalhamos para pessoas, isso deve ser lembrado o tempo todo.

Post Relacionados

Deixar comentário.

Share This