Não caia na história de que a vacina contra a gripe pode derrubar a imunidade ou causar gripe.

A vacina contra a gripe é segura e bem tolerada. Ela é inativada e contem vírus mortos, fracionados ou em subunidades, e, portanto, não pode causar a doença.

Recomendação de praticamente todos os médicos, a vacina da gripe é uma ferramenta extremamente importante e eficaz para combater a expansão da doença — principalmente durante as estações mais frias do ano, quando a incidência de problemas respiratórios aumenta.

Em poucos casos podem ocorrer manifestações de dor no local da injeção ou endurecimento da região da aplicação, o que pode ser associado a erro técnico de aplicação.

Também pode ocorrer, raramente, mal-estar e febre, mas os sintomas tendem a desaparecer em 48 horas. Quadros respiratórios simultâneos podem ocorrer sem relação de causa e efeito com a vacina.

A vacina só não é recomendada para quem tem alergia à proteína de ovo – usada na sua fabricação, segundo o Ministério da Saúde.

Todas as pessoas acima de seis meses de idade devem se vacinar contra a gripe. O grupo prioritário inclui crianças entre seis meses e cinco anos, idosos, professores e profissionais de saúde, grávidas, mulheres que tiveram filhos há até 45 dias, presidiários, funcionários do sistema prisional, indígenas e pessoas com doenças crônicas ou condições clinicas especiais.

Vou ficar gripado por causa da vacina?

Não, porque a vacina tem vírus mortos e fracionados. Desse modo, eles não podem causar a doença. No caso da vacina da febre amarela, por exemplo, o vírus só é atenuado, o que traz um risco mínimo de efeitos colaterais graves.

Alguém não pode tomar a vacina?

Bebes menores de seis meses e que já teve reações anafiláticas em aplicações anteriores. Pessoas que tiveram a Síndrome de Guillain-Barré ou reações alérgicas graves a ovo – a vacina contém traços de proteínas do alimento – também devem ter mais cuidado.

Preciso tomar a vacina todo ano?

É recomendado que se tome anualmente, considerando que as cepas do vírus mudam constantemente. As crianças de seis meses a nove anos que recebem a vacina pela primeira vez precisam tomar outra dose, com intervalo de 30 dias.

A vacina começa a fazer efeito na hora?

Não, ela leva de 2 a 3 semanas para começar a proteger adultos saudáveis – e a proteção dura de 6 a 12 meses.

A vacina vai me proteger contra resfriados?

Não. O resfriado é uma inflamação das vias aéreas, com obstrução nasal e tosse, já a gripe causa febre alta, tosse, dor de garganta, dor muscular, dor de cabeça, coriza, irritação nos olhos e ouvidos, e dura mais tempo (em torno de cinco dias)

Como se pega gripe?

A forma de contagio é pelo contato com secreções (tosse ou espirro acabam ajudando na disseminação) de pessoas doentes.

Como posso me prevenir?

  • Tome a vacina, que é o método mais eficaz
  • Lave sempre as mãos com agua e sabão
  • Evite o contato das mãos com olhos, nariz e boca
  • Cubra a boca ao tossir e espirrar

Estou com um sintoma, o que fazer?

O recomendado é ir a um médico para exames complementares e para que este indique o melhor tratamento. Os exames para confirmação da Gripe H1N1 podem ser feitos no Paula Tostes Diagnóstico.

Post Relacionados

Deixar comentário.

Share This