Laboratório

Câncer de Próstata: O que você precisa saber sobre o exame de PSA

O mês de novembro se tornou um símbolo de combate ao Câncer de Próstata, são feitas campanhas nacionais de prevenção contra este tipo de câncer, que está estatisticamente como um dos principais pelo volume de casos ocorridos em todo o país. Se você é homem e já passou dos 40 anos e ainda não fez o exame de próstata ou o exame de PSA, está na hora de começar a dar mais atenção à esta parte do seu organismo. Afinal de contas, cuidados preventivos são os mais bem-sucedidos contra o tratamento de qualquer tipo de câncer.

Mas antes de falarmos sobre o Câncer de Próstata em si, precisamos alinhar algumas informações básicas, jargões que são importantes que você conheça quando for consultar com o seu médico ou quando for fazer o exame de PSA.

O QUE É A PRÓSTATA?

A próstata é uma glândula que apresenta um formato de uma noz, com 3 a 4 cm de cumprimento e 2 de largura. Ela fica localizada logo abaixo da bexiga e na frente do reto (porção final do intestino grosso). Colada à próstata ficam as vesículas seminais, órgão responsável pela produção de parte do líquido presente no esperma.

A uretra, canal que drena a urina da bexiga em direção ao pênis, passa por dentro da próstata, juntamente com vasos deferentes, que são canais que trazem os espermatozoides produzidos pelos testículos. Estes vasos deferentes desembocam na uretra no interior da próstata.

PARA QUE SERVE A PRÓSTATA?

A principal função da próstata é produzir uma secreção que sirva de proteção para os espermatozoides. O líquido prostático corresponde a cerca de 30% do volume de esperma ejaculado; é ele quem dá ao esperma a sua aparência leitosa.

Os espermatozoides são produzidos nos testículos e transportados pelo vaso deferente, que se junta à vesícula seminal. Ao passarem pela vesícula seminal, os espermatozoides são misturados ao fluido seminal, uma substancia alcalina que corresponde a 50 – 70% do volume total do esperma. Após a vesícula seminal, os espermatozoides chegam à glândula prostática.

Durante a ejaculação, a próstata se contrai e libera o líquido prostático, misturando-se ao líquido seminal já rico em espermatozoides. A primeira fração do esperma ejaculado é rica em fluido prostático e possui os espermatozoides mais ativos, saudáveis e capazes de fecundar um óvulo. O líquido da próstata protege os espermatozoides do ambiente acido da vagina, mantendo o seu DNA intacto. O fluido prostático também prolonga a vida dos espermatozoides e faz com que eles se tornem mais moveis, aumentando as chances de chegarem até o ovulo.

Como o vaso deferente desemboca na uretra dentro da próstata, é preciso haver algum controle para que a urina da bexiga não se encontre com os espermatozoides vindo dos testículos. Quando o homem ejacula, a próstata se contrai, empurrando os espermas em direção ao pênis e fechando a porção do ureter que se conecta à bexiga. Dessa forma, não haverá a passagem de urina durante a ejaculação.

EXAME DE PSA

O Antígeno Prostático Específico, mais conhecido como exame de PSA, pode ser analisado através de um exame de sangue simples, realizado em laboratório.

Os Antígenos são moléculas produzidas pela próstata. Geralmente apresentam alterações nos níveis quando há a presença do câncer prostático, por exemplo.

O PSA é um dos principais exames solicitados quando o paciente apresenta sintomas do câncer ou quando o médico deseja pesquisar a existência da doença, mesmo sem a presença de sintomas.

Isso se justifica, pois, o câncer de próstata em estágio inicial não apresenta sintomas, por isso é essencial procurar o urologista e realizar exames preventivos periodicamente. Afinal, 90% dos casos são curáveis quando diagnosticados cedo.

O exame de PSA é realizado através de uma amostra de sangue, as medições são feitas de acordo com a solicitação médica que pode ser:

  • PSA total – corresponde a quantidade de PSA presente no sangue;
  • PSA Livre – é medida a quantidade de PSA que circula solta no sangue.

QUAIS SÃO OS VALORES ADEQUADOS DE PSA?

O valor de PSA Total superior a 4,0 ng/ml pode indicar a presença do câncer de próstata ou de outra doença.

Apesar disso, geralmente quando o paciente apresenta valores de PSA total entre 2,0 e 10,0 ng/ml, independentemente da idade, o médico solicita que seja feito o exame de PSA Livre para a confirmação dos valores. Caso ele apresente o mesmo índice, outros exames são solicitados para que o diagnóstico seja preciso e a causa dessa alteração seja identificada. Pois, nestes casos o paciente pode estar desenvolvendo o Câncer de Próstata.

Gostou deste artigo e quer saber mais sobre este assunto ou temas diversos de saúde e bem-estar, você encontra tudo isso no nosso blog. Boas leituras!

 

Fontes:

https://www.mdsaude.com/?s=exame+de+psa

Post Relacionados

Deixar comentário.

Share This