Médicos precisam, mais que profissionais de várias outras áreas, trabalhar sua imagem. Não somente para passar confiabilidade como para se destacar da concorrência.

Para sanar esta situação, o melhor é, desde já, começar a investir em marketing. Infelizmente, criar estratégias de marketing para consultórios médicos não é algo a que médicos estão familiarizados.

Na abertura de uma clínica ou consultório, muitos aspectos são avaliados — localização, equipamentos, questões legais etc. — o marketing, entretanto, costuma ficar de lado.

Por outro lado, ele é a forma mais eficiente de garantir crescimento e sustentabilidade a um novo negócio, além de ser peça-chave para a construção de uma sólida imagem profissional.

O primeiro passo para traçar uma estratégia de marketing é, sem dúvidas, o planejamento. Nele, você direciona as ações a serem adotadas, escolhendo prioridades. Para ajudá-lo a direcionar suas ações, preparamos dicas fundamentais para dar início a um investimento em marketing. Acompanhe!

1. Identifique seu diferencial

Antes de divulgar sua clínica, identifique o que você pode oferecer de especial. Os pontos fortes, que são mais valorizados por você e sua equipe, devem ser demonstrados ao seu público. Por exemplo:

  • o conforto das suas instalações;
  • a modernidade de métodos e equipamentos;
  • o acompanhamento preventivo oferecido aos pacientes;
  • a sua experiência profissional etc.

Focar nesse diferencial atrai um público que valoriza essa percepção. Lembre-se, entretanto, que atendimento de qualidade, personalizado e humanizado não são diferenciais — são, na verdade, requisitos básicos para excelência profissional.

2. Segmente seu público

O segundo passo é saber com quem falar. Essa especificação ajuda a tomar atitudes certeiras, efetivas no alcance de seu público-alvo. Há uma gama de pessoas com características diversas. É muito amplo — e, consequentemente, caro — tentar atingir a todos simultaneamente.

Essa segmentação torna a sua mensagem mais efetiva, levando-a a quem realmente interessa, por meio dos canais onde esse público está presente, seja no meio digital ou off-line.

3. Observe as restrições legais

Em face às regulamentações próprias da área da saúde, o Marketing médico possui algumas restrições, cuja observância é fundamental para evitar possíveis problemas jurídicos posteriores.

4. Separe uma verba específica para marketing

Antes de escolher as estratégias de marketing de seu consultório, você deve definir o valor a ser investido. Essa definição ajuda a compreender são as ações podem ser realizadas de forma efetiva.

Assim, não há risco de, implementada a estratégia, os gastos serem muito superiores ao esperado.

5. Invista, mesmo em períodos de crise

A situação econômica do Brasil não anda em seus melhores dias. Mesmo assim, investir em Marketing é fundamental. Na verdade, em momentos como este, se fazer presente pode ser a saída para fortalecer uma imagem de solidez e resistência aos tempos difíceis.

Para manter a continuidade de suas estratégias mesmo com pouca verba disponível, opte pelo Marketing Digital — se bem aplicado, é menos oneroso e ajuda na construção de sua reputação, item de que falaremos a seguir.

6. Construa uma reputação

Esse é um dos fatores fundamentais para qualquer estratégia de marketing — seja ela on-line ou off-line.

Com a construção de uma boa reputação, demonstrando seu comprometimento com a saúde e o bem-estar de seus pacientes, você ganha credibilidade e pode ser buscado por pessoas que querem qualidade nos serviços prestados por seu consultório.

Contudo, é preciso se fazer presente nos lugares onde essa busca, de fato, acontece. A construção de um site para aparecer nas pesquisas do Google e a presença nas redes sociais são partes importantes desse processo.

7. Participe de eventos

Apesar de todas as estratégias de marketing digital e off-line, estar frente a frente com seu público ainda é uma das melhores maneiras se divulgar seu trabalho; por isso, busque participar de eventos e feiras relacionadas ao seu segmento de atuação ou a temas mais amplos como alimentação ou prevenção do câncer, por exemplo.

Desse modo, você pode interagir diretamente com seu público e fechar bons contratos ou conseguir novos pacientes.

Agora que você conhece algumas dicas para começar a investir em marketing, conte-nos um pouco sobre as suas experiências. Deixe suas opiniões e dúvidas nos comentários e interaja conosco!

Post Relacionados

Deixar comentário.

Share This