Quando falamos em consultas e exames de rotina ainda tem-se a impressão de que mulheres fazem, de forma preventiva, com uma frequência maior que os homens. E esse ainda é um fato observável em clínicas.

Com o acesso à informação que temos hoje em dia, a procura por exames de rotina laboratorial tem aumentado dentre o público masculino, e eles são de extrema importância para acompanhar o estado de saúde do corpo.

Listamos aqui 5 exames de rotina masculinos essenciais para uma saúde preventiva. Confira!

1. Exame de próstata

O câncer de próstata é o segundo mais comum em homens em virtude da descoberta tardia de complicações na glândula. O exame de toque retal é ainda o mais indicado para que o urologista detecte alguma alteração.

Também, junto ao exame de toque, é possível que o médico peça o de sangue, chamado PSA, para ter um resultado mais preciso da alteração, além de um exame de urina.

O exame de próstata deve ser realizado pelos homens anualmente após os 40 anos de idade, caso haja histórico na família, e após os 45 anos para o restante. Se diagnosticado cedo, a chance de cura passa de 90%.

2. Colonoscopia

O exame de colonoscopia investiga o câncer no intestino ou reto por meio de imagens obtidas com um colonoscópio. Durante o procedimento, o paciente fica sedado momentaneamente, mas sem precisar de uma internação.

É ideal que homens acima de 50 anos façam o procedimento a cada 10 anos, porém, se houver histórico de câncer de cólon na família, esse tempo deve ser reduzido para 3 a 5 anos.

A colonoscopia também pode ser solicitada por médico em homens mais jovens quando outros procedimentos não indicam a causa dos sintomas.

3. Autoexame testicular

O câncer no testículo não é tão difundido como o de próstata, mas pode ocorrer com muitos homens. O autoexame deve ser feito pelo próprio homem, com toque nos testículos, procurando sinais de anomalia. Em caso de alterações, como caroços ou dores, o médico deve ser imediatamente procurado.

Nesse caso, não há exatamente uma idade certa para começar. Ao entrar na adolescência o homem já pode começar a fazer o autoexame testicular, com periodicidade semanal, por exemplo.

4. Sorológico

DSTs podem ficar anos sem apresentar sintomas no corpo humano, pois isso varia de cada pessoa e sua imunidade. Um exame sorológico é o ideal para acompanhar os anticorpos para as diversas doenças que, muitas vezes, são silenciosas.

Por isso, o exame de sorologia não deve ser negligenciado. Ele pode ser feito anualmente, a partir do momento em que o homem inicia sua vida sexual. Não é preciso deixar apenas para quando tiver sido exposto a algum risco.

5. Exames de rotina (sanguíneos)

Hemograma completo indica níveis de colesterol, triglicerídeos, plaquetas, entre ouros fatores básicos que precisam estar em um equilíbrio para permitir ao paciente saúde e bem-estar.

Deve ser realizado todos os anos e não há uma idade exata para começar, já que é um exame simples e preventivo, apenas para o acompanhamento dos níveis dos componentes do sangue.

Os exames laboratoriais de rotina masculinos servem como uma forma de prevenção. É preciso realizá-los com a periodicidade correta, sem pular um ou outro por pensar que não há sintoma algum.

É exatamente a demora em diagnosticar as doenças que as deixam difíceis de serem tratadas. Muitos tratamentos podem ser obtidos de maneira acessível com convênios ou pelo SUS.

Mas, para dar entrada nesses tratamentos após qualquer diagnóstico, deve-se ter o resultado do exame de forma rápida. Um laboratório de confiança e com atendimento personalizado faz muita diferença para deixar homens mais seguros durante os procedimentos.

Agora que você já sabe quais são os exames laboratoriais de rotina masculinos mais importantes para os homens, entre em contato com o Laboratório Paula Tostes e veja como uma boa equipe e estrutura podem fazer a diferença!

Post Relacionados

Deixar comentário.

Share This